Essa poderia ser a introduo da personagem desta

uma das principais consumidoras de luxo do Brasil

Por Alexandre Ougata, em colaborao para o FFW

Dizem que os nascidos sob o signo de sagitrio so pessoas independentes desde o primeiro minuto de suas vidas, prezam por sua liberdade e falam tudo o que lhes vm mente. Essa poderia ser a introduo da personagem desta matria, cheap louis vuitton bags from china uk no fosse pelo fato de ela no dar a menor ateno s “coisas astrais”.

Andressa Salomone, 24, nunca sepreocupouem saber qual o seu ascendente ou a sua sinastria amorosa. No que elaseja ctica, mas acredita que possa gastar melhor o seu tempo comoutros assuntos. Elacarrega replica louis vuitton handbags quase como um mantra o lema “tempo dinheiro”. A jovem empresriaque j abandonou duas faculdades para investir no business da moda, filha de Hugo Salomone e uma das herdeiras do poderoso grupo imobilirio Savoy, que tem em seu portflio clientes como Americanas, Havaianas, Pernambucanas, Azul, Riachuelo e Ita. Aempresa tambm conhecida como “dona de So Paulo” por j ter acumulado mais de 180.000 m2 comerciais na capital. Ela vive com seus pais e irmos no charmoso bairro do Pacaembu, em So Paulo.

H duas temporadas, Andressa comeou a chamar ateno pelos corredores do SPFW. Suasprodues no passavam despercebidas: ela usava looks totais de marcas como Chanel e Moschino, sem medo de ousar ou brincar com suas bolsas de 1:1 replica handbags sabo em p ou das Meninas Super Poderosas criadas por Jeremy Scott. Dona de um dos closets mais cobiados pelas moas ricas brasileiras, ela tambm uma das nicas clientes daqui que convidada para eventos exclusivos de grifes como Chanel e Dior, como os desfiles de Resort ou eventos reservados apenas sua famlia. Quase todas as boas novas lanadas pelas grifes mais caras do globo, correm direto para sua sute. Esto l a prancha de surfe e a raquete de tnis da Chanel, o vestido confeccionado pela Dior em apenas duas peas, high quality designer replica handbags a coleo de Hello Kitties, a mesa de pebolim da Louis Vuitton, isso sem citar a infinidade de bolsas e culos de sol que nem mesmo Andressa sabe dizer quantos so. Foi, alis, esses “acmulos” que a levou a ser convidada para o ltimo desfileCruise da Chanel que aconteceu fake designer bags em Cuba(h quem afirme que ela configura entre as cinco principais clientes da marca no Brasil).

E foi por sua relao “umbilical” como ela define com a moda e mais algumas cifras no reveladas, que Discount Replica Louis Vuitton Bags a levaram ser uma das sponsors da amfAR de So Paulo, ao lado de nomes como Mot Hennessy e Harry Winston. Naquela ocasio, o baile de gala serviria tambm como pr lanamento da marca homnima que temcomo carro chefe, roupas feitas de moletom.

FFW: Voc no acredita mesmo em Designer Louis Vuitton Replica Handbags astrologia?

Andressa Salomone: Eu no ligo, na verdade, no acompanho. Sou sagitariana e tudo que sei.

Sou catlica, mas com um p no espiritismo. Rezo todas as noites fake louis bag , agradeo pelo meu dia. Fao tudo isso no meu quarto ou durante as viagens. Acho que voc no precisa estar dentro de uma igreja para se conectar com Deus. Posso ter f em qualquer lugar do mundo sem pisar em uma igreja.

Como a sua rotina? Como voc se organiza?

Eu no tenho uma rotina fixa. As atividades vo acontecendo ao longo do dia e vou me adaptando a elas. Como gravo uma vez por semana (ela reprter de moda do programa Amaury Jr.), s vezes recebo a ligao da produo dizendo que preciso estar em tal lugar daqui duas horas para fazer a chamada. Mas em geral, eu tento ir para academia aaa replica designer handbags toda manh.

Voc no parece ser do tipo que gosta de musculao, replica louis vuitton bags estou certo?

Detesto (risos). Nem musculao, nem esteira. Prefiro fazer spinning e amo as aulas de localizada. Elas so divertidas, animadas, tocam msicas.

No sou muito ligada em novidades musicais cheap replica handbags , me considero ecltica. Adoro house.

Voc mesma dirige o seu carro?

No. At tenho habilitao, mas no gosto de dirigir. Tenho um motorista, o que timo porque como meu tempo curto, aproveito quando Perfect Quality Louis Vuitton Replica estou no carro para fazer a maquiagem.

Fao sozinha. Desde pequena gostava de pegar o lpis de olho da minha me para me pintar. Tudo questo de treino. Eu me pintava tanto, mas tanto que hoje sou quase uma profissional.

Cabelo mais complicado. O meu est curto faz dois meses. Antes, o longo era mais verstil, agora para ficar do meu agrado demanda um esforo. Da no tem jeito, ligo para o Marcio Granado, meu cabeleireiro, e ele me deixa linda.

Voc extremamente vaidosa, n? Quanto tempo voc gasta pensando no look que vai usar?

No muito. No tem esta de pensar no look com antecedncia, no dia anterior, vai do momento. s vezes quero ser barbie, outros mais rock and roll. Por exemplo, hoje estava achando meu look muito tradicional, mas queria homenagear o Rei (o dia da entrevista foi tambm o do desfile de Reinaldo Loureno). Ento escolhi este casaco dele e para dar um pouco de graa, peguei esta bolsa das meninas superpoderosas da Moschino.

Voc acha que as pessoas esperam que voc v alm do tradicional?

Certamente. Eu sei que as pessoas vo me olhar, mas eu sou algum fora da curva mesmo. Gosto de atrair ateno, de ser o diferencial. Detestaria que as pessoas me achassem comum.

Ento voc no d a mnima para o que falam a seu respeito?

Ligo zero. Eu tenho uma personalidade forte, replica louis vuitton sou segura das minhas escolhas. Meu pai diz que fui autntica em todas as fases da minha vida, fui criana, fui adolescente e queria ser igual a Avril Lavigne. Hoje me conheo, estou mais madura.

Voc foi uma adolescente rebelde?

(risos) Tive meus momentos de rebeldia. Meu pai sempre quis que eu tocasse os negcios da famlia, mas minha paixo era a moda. Ele no podia ouvir a palavra ‘moda’ que entrava em pnico. Ele falava que no pagaria um curso de moda para mim. Comecei ento replica louis vuitton bags from china , a faculdade de arquitetura, mas as matrias de exatas me pegaram. Fiquei um ano no curso. Desisti e fui fazer direito. Eu nem aparecia nas aulas. Prestei o vestibular de moda escondida do meu pai. Esperei sair na lista de aprovados e contei para ele. No fim, ele acabou aceitando, viu que no tinha para onde correr, era a minha vocao. Hoje ele se orgulha, mas foi uma barra chegar at aqui, levei muito puxo de orelha. Imagina, minha famlia super tradicional e discreta, o fato de eu ter abandonado duas faculdades foi um abalo ssmico.

Ele continua te dando uns puxes de orelha?

Eu aprendo muito com o meu pai. Ele meu heri e minha referncia. Agora que estou abrindo minha marca ele tem sido a minha referncia.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

Create your website with WordPress.com
Get started
%d bloggers like this: